🔗
O que é Blockchain
A blockchain pode ser entendida como um grande livro-razão, único e compartilhado por todos os usuários simultaneamente, em que todas as transações são registradas, sendo verificadas e validadas.
Os registros feitos na blockchain não podem ser alterados, são únicos, universais e públicos a todos os usuários. Nela estão registradas todas as transações já realizadas em sua história e a posição atualizada dos ativos de cada usuário, criando-se um banco de dados com todo o histórico de cada ativo e de cada transação.
Há quem diga que a blockchain é o livro caixa da Internet. Até o surgimento dessa tecnologia, os registros na internet estavam concentrados em protocolos centralizados e contavam com a confiança nos intermediários dessa rede. Agora, com o advento da blockchain, os registros são distribuídos entre “n” validadores, diversos colaboradores que constroem a segurança e imutabilidade dos registros na rede. Por isso, essa tecnologia tende a ser um ecossistema muito mais seguro que um servidor único e central, pois as informações estão descentralizadas e distribuídas na rede, criando um ambiente regido por um protocolo imutável.
A blockchain é uma cadeia de blocos, na qual são executados rígidos protocolos por meio de uma rede descentralizada, em que cada novo bloco gerado, a partir de uma nova informação, deve ser aceito por todos os demais blocos já existentes, e deve conter todas as informações presentes nos blocos anteriores, de modo a garantir a imutabilidade e a não duplicidade dos dados. Cada bloco carrega consigo tudo que ocorreu antes, além da nova informação a ser adicionada, que deverá estar em conformidade com as informações anteriores contidas em todos os blocos, para garantir a autenticidade da informação.
Pegue uma nota de 10 reais e marque com a sua digital, logo após, gaste. Você dificilmente saberá por onde essa nota irá passar, mesmo com sua digital marcada nela. Imagine que você possa registrar cada transação, e toda vez que a nota for transmitida para outra pessoa ela será escaneada através da sua digital e registrada, e que não será possível pular um registro sequer, pois é um requisito para usar a nota. Você poderá saber exatamente onde a nota está e por quantas pessoas passou, mesmo após 10 anos de uso. É isso que a blockchain proporciona, um registro público, único, garantindo a autenticidade e exclusividade da informação que transita por ela. A blockchain dá poder aos usuários para que possam estar no controle de todas as suas informações e transações, fazendo uso de dados de alta qualidade, que são completos, consistentes, datados, precisos e amplamente disponíveis, de forma durável, confiável e longeva.
A Ribus proporciona ao mercado imobiliário essa segurança e modernidade da blockchain, trazendo aos clientes mecanismos para interagirem com essa tecnologia.
Copy link